Um outro Método de cozinhar com muita cor, muito sabor e sempre sem carne e sem peixe.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Cogumelos marinados


Tempo: deixar a marinar de um dia para o outro
 
Ingredientes:
(PARA 4 PESSOAS)
500 g de cogumelos tipo Paris
azeite 
vinagre balsâmico
alho picado
salsa picada
coentros picados
malagueta 
açúcar, 
sa
pimentão


Preparação:
- Corte o talo dos cogumelos e disponha num recipiente;
- Adicione o azeite, vinagre, alho, salsa, coentros, malagueta, açucar, sal e pimentão; 
- deixar a marinar os cogumelos no frigorifico dum dia para o outro;
- Sirva como entradas ou com arroz enquanto prato principal;

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Jejum

Muito se tem falado sobre comidinhas deliciosas por aqui. Cumpre abordar uma outra temática, tão necessária quanto polémica: o jejum.
É absolutamente fascinante perceber o funcionamento da máquina humana. Toda a sincronia e pormenor, deveria fazer-nos devotar um enorme respeito e um profundo sentimento de gratidão perante o nosso próprio corpo.
À semelhança daquilo que fazemos com o corpo externo, de vez em quando há necessidade de limpar e purificar o nosso corpo internamente. Muito embora o jejum não esteja codificado como técnica de purificação, é obrigatório fazer uma referência ao mesmo. São inúmeras as culturas que recorrem ao mesmo, com o intuito de nos colocar em contacto com a nossa essência mais profunda.
Antes de efetuar o jejum, certifique-se de que está a ser acompanhado por um instrutor formado e revalidado do Método DeRose. A segurança de uma filosofia com mais de cinco mil anos e a observação de bom senso permitem-nos garantir a fiabilidade e segurança das técnicas a que nos reportamos.
O jejum não deve ser utilizado para perder peso. Saiba que a reeducação alimentar conforme é referida no pocket Como perdi 10 kg em 2 meses tem um impacto muito mais efetivo nesse objetivo.
Se nunca experimentou fazer jejum, seja progressivo. Comece por fazer um dia de crus, explorando frutas e vegetais, desde que não cozinhados. Se os resultados no final do dia forem satisfatórios, na semana seguinte repita. Se preferir proceda da mesma forma fazendo apenas com frutas. Ingira várias quantidades de fruta e procure não misturar frutas ácidas com as demais. Novamente se no final do dia sentir que os resultados o satisfazem, repita na semana seguinte.
Há quem utilize infusões, porém o melhor jejum é feito com água mineral durante trinta e seis horas. Comece por jantar algo leve como fruta ou uma sopa branca e faça-o cedo, pelas 20h, por exemplo. No dia seguinte mantenha as suas rotinas habituais. Trabalhe, produza, crie. Procure beber muita água e alterne as marcas de água que beber. Pode beber água fria, morna ou quente, com ou sem gás. Águas com sabores porém não fazem parte do jejum. Na manhã do dia seguinte tome pequeno-almoço no horário habitual. Comece por frutas doces como papaia ou dióspiro.
É provável que no dia em que fizer jejum a sua temperatura corporal desça um pouco e experimente alguma sensação de frio. A maior parte das pessoas fica com mais energia, embora se o corpo ainda estiver muito intoxicado pode ficar lento, com dores de cabeça ou mal-estar. Este é um sinal de que deverá ser mais moderado. Não vale a pena agredir o seu corpo. Nesse caso, interrompa o jejum, coma aquilo que lhe apetecer e proponha-se mudar alguns hábitos alimentares voltando a tentar daí a uns meses. Poderá por exemplo, reduzir a ingestão de lácteos, fritos ou doces.
No final, o jejum deverá ser uma experiência agradável que lhe deixe uma sensação de energia e bem-estar, fazendo com que os seus órgãos funcionem ainda melhor e tirando ainda mais partido do seu potencial. Por outro lado, sentir-se-á muito mais próximo das suas emoções e da sua essência mais profunda. Tire partido disso e invista no autoconhecimento.


segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Grão em molho de tomate

Tempo: 20 min.
 
Ingredientes:
(PARA 4 PESSOAS)
1 cebola grande
azeite q.b.
louro
250 gr de grão de bico
250 gr de polpa de tomae
1 colher de garam masala
sal
coentros picados opcional


Preparação:
-Pique finamente a cebola e refogue-a em azeite e louro até ficar dourada;
-Escorra o grão de bico, previamente demolhado e cozido, salteando com a cebola durante 5 minutos e mexendo sempre
-Adicione a polpa de tomate, o sal e garam masala;
-Deixe cozinhar pelo menos uns 10 minutos até que o grão tenha absorvido os aromas;
-Caso não possua esta mistura típica da Índia, carregue aqui e faça o seu próprio garam masala. 
-Disponha coentros picados por cima e sirva simples ou acompanhe com arroz ou pão.

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Bolo de banana e aveia



A receita deste bolo rico em fibras, nutrientes e sabores, que não leva açúcar, farinha e nenhum tipo de gordura, foi partilhada pelo meu querido amigo João Pedro. O bolo é muito gostoso mesmo, cada garfada é uma surpresa cheia de sabor. É importante que a banana esteja bem madura, pois daí advem a doçura do bolo. Se não estiverem bem maduras, adicione duas colheres de açúcar mascavado.

Tempo: 45 minutos

Dificuldade: Fácil


Ingredientes:
3 ovos, que podem ser substituídos por 3 maçãs.
5 bananas bem maduras
2 xícaras de aveia
1 xícara de damasco picado, que pode ser dispensado
se aumentar a ameixa preta e uva passa.
1/2 xícara de nozes picadas ou de outro fruto seco,
ou ainda uma mistura de vários frutos secos.
1/2 xícara de uva passa
1/2 xícara de ameixa preta picada
1 colher (sopa) de fermento em pó

Preparação:
- No liquidificador bata os ovos, coloque as bananas e bata ligeiramente;
- Coloque num recipiente o damasco, as nozes, as uvas passas e ameixa. Em seguida adicione o creme de ovos com banana e misture bem; 
- Acrescente a aveia e o fermento;
- Coloque a massa numa forma redonda de 30 cm previamente untada, com furo no meio e leve para assar em forno pré-aquecido por aproximadamente 30 minutos. Faça o teste do palito para saber se está pronto.

Delicie-se!

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Penne com legumes assados

Tempo: 20 minutos

Dificuldade: Fácil


Ingredientes:
1 pimento vermelho
100g de azeitonas pretas descaroçadas à rodelas
1 cebola roxa
1 courgette média
duas colheres de azeite extra virgem
sal q.b.
pimenta caiena q.b.
400g de penne
queijo parmesão opcional

Preparação:

- Corte o pimento em tiras compridas,  a courgette em rodelas finas e a cebola às rodelas. Regue com azeite e tempere com sal e pimenta caiena;
- Leve os vegetais a assar por cerca de 15 minutos a 185º, mexendo ocasionalmente para envolver nos sucos libertados.
- Paralelamente, coloque o penne a cozinhar em água a ferver por cerca de 7/8 minutos, ou respeitando outros tempos de cozedura indicados no pacote.
- Escorra o penne, passe por água corrente se o quiser manter mais al dente, ou em alternativa, se preferir mais macio, limite-se a escorrer.
- Assim que os vegetais estiverem dourados desligue o forno. e misture o penne com estes vegetais, envolvendo bem.
- Se necessário retifique os temperos e como sugestão disponha um pouco de parmesão ralado por cima.
 
Bom apetite! 

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Vanillekipferl (crescentes de baunilha)




Tempo: 30 minutos














Dificuldade: Fácil


Ingredientes:
250 g de farinha de trigo
1 pitada de bicarbonato de sódio
125g de açúcar
1 pacote de açúcar de baunilha
3 gemas
200g de manteiga
125g de amêndoas moídas

50g de açúcar de confeiteiro
4 colheres de chá de baunilha



Preparação:

- Misture todos os ingredientes. 
- Faça rolinhos em formato de crescentes passe-os na mistura do açúcar de confeiteiro com a baunilha.
- Leve a cozinhar por 10 minutos a 170 ° C num tabuleiro forrado com papel vegetal.
 

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Pesto clássico

Qualquer tipo de molho sem cozedura e com queijo e/ou frutos secos é usualmente denominado  de pesto. Hoje trazemos a receita original, aquela proveninete de Génova, Ligúria no norte de Itália.
 
Tempo: 5 min.


Dificuldade: Fácil

Ingredientes:
100g de manjericão fresco e grosseiramente cortado
1 dente de alho grande picado
30g de pinhões torrados
1 colher de chá de sal
200ml de azeite virgem extra
100g de queijo parmesão finamente ralado
sumo de meio limão


Preparação:
- Misture num pilão o alho, o sal e o manjericão. Se preferir pode usar um robot de cozinhar para o mesmo efeito, mas o pilão irá permitir que os óleos essenciais do manjericão se preservem melhor.
- Adicione os pinhões e misture novamente;
- Coloque numa taça e adicione o queijo parmesão, mexendo gentilmente. Repita o processo adicionando o azeite. Se a consistência não ficar conforme deseja adicione mais queijo ou mais azeite, aquele para que fique mais denso ou o azeite para ficar mais fluido;
- Para que todos os aromas fiquem ainda mais realçados adicione o sumo de meio limão;